Foi bom pra você?

noga2

Noga Sklar, vitoriosa e esgotada, almoça com seus autores “top” em Paraty , após o bem-sucedido debate dos livros digitais no Circuito Off (e, claro, de uma boa fotochopada — o que há numa letra, não é mesmo? — para apagar o horroroso queixo duplo próprio da idade) — Foto impiedosa de Alan Sklar.

Foi bom, e bom que já foi.
(provérbio hebraico)

 

A velocidade com que tudo muda e segue mudando nesta vida é um bocado aflitiva para nós, dinossauros, vocês me entendem, que pegamos o bonde da tecnologia andando, isso, pra não lembrar que fomos nós em última instância que criamos o bonde da tecnologia — Tio Bill tem 58, só três a menos que eu, Papa Steve já faleceu, e o inventor do email é de 1941*, hum, dá uns 72 se não me falha… —, é aquela coisa de tiro pela culatra, feitiço contra o feiticeiro, sabem como é. Parece até o (desafortunado) grito de independência da mulher berrado nos anos 1970.

Como todo mundo já sabe, passei a última semana na FLIP em Paraty, lúdica, poética, idílica Paraty, para mim uma guerra sem tréguas, com muitos tropeços e poucas regras, e o que é bem pior: ao vivo e em cores, nossa mãe.

Poucas? Bem. Nem tanto. Não consegui(mos), por exemplo, criar uma bem-sucedida manifestação online pela baixa [a.k.a. “download”] gratuita dos aplicativos de leitura de ebooks, coisa que, para nosso mais profundo espanto (ui!), revelou ser raridade em Paraty apesar de toda a nossa predisposição em contrário. Nenhum Kindle, nem Kobo, nem nada, nem mesmo um linkezinho comum em nenhum iPad à vista, ou smartphone, já perceberam que os players de sucesso no mundo do ebook respondem todos pela inicial “K”? Por que será? Hein?

 

Resto, aqui.

1 Response

  1. Rogério says:

    Gosto de comprar ebooks para ler, praticamente não compro mais em papel, compro muitos ebooks mas uma coisa no Brasil falta, o catálogo de ebooks a venda ainda deixa a desejar, tem autores que não acho em ebook para venda.Meu pai que tem 70 anos também já anda lendo ebooks que ele compra pela net, segundo ele o ebook é a coisa mais formidável que já inventaram junto com o tablet.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *