Renovassão radical

Em breve, todos os nossos PODs à venda na Amazon.

Em breve, todos os nossos PODs à venda na Amazon.

Pois é. Imaginem vocês que há coisa de uns dois anos, quando a KBR ainda estava em cueiros, o Alan me veio com uma proposta indecente: queria produzir livros impressos. Mas como é que é? Segundo ele, ali é que estava o “dinheiro grosso”, enquanto a gente perdia tempo com a proposta digital, na época nada mais que um sonho virtual.

Caetano foi contra. Topei. Vocês já experimentaram negar algo ao Alan?

Começamos. Nosso primeiro contato foi com uma empresa no Rio de Janeiro que publicava aquele tipo de livro de vovó para seus netinhos, com amor e muito açúcar, sabem como é. Me empolguei. Diagramei no Word meu já clássico Hoje não quero chorar (aguardem semana que vem, em lindo destaque na Amazon), mas pô, peraí: no Word? Pois é, naquela época o inDesign era grego pra mim. E, bem, saiu tudo meio mais ou menos como seria de se esperar: uma droga.

Prosseguimos. Não lembro como, topei com uma diagramadora profissional, nos gostamos, ela me indicou a melhor gráfica do Brasil, e pronto, fizemos o primeiro livro, prova clássica, tiragem mínima, naquele jeitão de antigamente, e fizemos o belo lançamento de A escritora, da minha amiga Ethel Kacowicz. Não era nada daquilo que eu queria.

 

Resto, aqui.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *